Assassin's Creed Red: Ubisoft quer entregar autenticidade cultural

A Ubisoft parece estar disposta a entregar uma experiência que seja ao mesmo tempo divertida e culturalmente respeitosa com o aguardado Assassin's Creed Codename: Red.



Afinal, a desenvolvedora estaria trabalhando com consultores japoneses e colaborando diretamente com os devs do estúdio da Ubi em Akasaka, na Metrópole de Tóquio, no Japão. A informação é do site Axios, que afirma que a intenção da Ubisoft é entregar um game com "autenticidade e sensibilidade culturais".


Porém, o texto não deixa claro o quão próximo destes consultores a Ubi está trabalhando e nem de que forma a influência dos desenvolvedores de seu estúdio japonês pode impactar o produto final, que ainda deve levar pelo menos dois anos para chegar às lojas.


Como bem aponta o GamesRadar, tem se tornado algo bastante comum a estúdios contratarem consultores e conselheiros na hora de produzir um jogo ambientado em um local que não seja familiar aos devs. O site utiliza Ghost of Tsushima como exemplo, afirmando que a Sucker Punch também utilizou consultores visando entregar uma experiência fiel aos antigos costumes da época dos samurais.


Pouco se sabe até o momento sobre AC Codename: Red, mas a própria Ubi já descreveu o título como sendo uma "fantasia shinobi muito poderosa", dando a entender que pode haver a incidência de elementos fantásticos do folclore ninja no vindouro jogo. Com sorte, a galera contratada para auxiliar na produção lá do Japão talvez consiga dar uma segurada nos ânimos e recebamos uma experiência incrível e ao mesmo tempo regada a realismo histórico.


Assassin's Creed Codename: Red ainda não tem data de lançamento definida, mas já sabemos que será lançado como uma das experiências na plataforma Assassin's Creed Infinity.


fonte; Voxel

0 visualização0 comentário