Empresa avança com faceplates PS5 e desafia Sony a processá-los.

"Encorajamo-los a tentar."


A pesar da diferença nas caixas da versão normal e digital da nova PlayStation 5, a consola da Sony é comercializada numa única cor, branco, ao contrário do que acontecia nas três anteriores gerações gaming da Sony.


Há um importante detalhe no entanto, que é a possibilidade de trocar as placas envolventes da máquina, as faceplates, sendo que a Sony até já confirmou que vai comercializar diferentes versões, tento processado e ameaçado processar legalmente as companhias externas que desenvolvam versões não-oficiais deste produto.


Todos sabem como os jogadores apreciam a personalização, a capacidade de adaptar o ambiente de jogo à sua própria personalidade e gosto, personalizar o hardware é mais comum nos gamers do PC do que nas consolas, mas considerando que a PS5 é uma consola enorme e que a sua cor base é o mais neutra possível, adivinha-se um importante mercado paralelo, que claro, vai ser concorrido.


A fabricante de periféricos Dbrand por exemplo, está decidida a avançar com a produção em massa de faceplates pretas para a PS5, dedicadas aos modelos Standard e Digital, garantindo que vai lança-las em 2021, independentemente das ameaças de processos legais por parte da Sony.


"Vamos entrar em processo de produção em massa de PS5 Faceplates no final do ano, no entanto, não vamos aceitar encomendas até que exista stock e que as placas estejam prontas para envio nas nossas instalações em Toronto." (via VGC).


Em relação a um possível processo legal contra a Dbrand, a empresa diz não ter receio do que aconteceu no passado com CustomizeMyPlates por exemplo, desafiando mesmo a Sony a avançar para os tribunais. Questionados por um utilizador no Reddit, um representante da Dbrand respondeu: “Encorajamo-los a tentar. Processa-nos Sony."


“Como o nosso nome não é enganador nem está próximo de um registado, como o nosso produto não usa logótipos registados e como as nossas placas são desenhadas de modo suficientemente diferenciado para não infringir patentes, podemos vender com segurança." Explicou a empresa.


fonte: IGN

3 visualizações0 comentário