top of page

Microsoft cria subsidiária Vault para aquisição da ZeniMax e Bethesda

Nova divisão fará fusão com a empresa dona de Fallout e The Elder Scrolls.


Para completar a aquisição de US$ 7,5 bilhões da ZeniMax Media, empresa dona de estúdios como a Bethesda, id Software e Arkane, a Microsoft criou a Vault, uma nova subsidiária que se fundirá com a companhia nesta nova fase.


A informação vem de documentos da Comissão Europeia (via Eurogamer) relacionados à análise da aquisição, que estuda riscos de táticas antitruste e contra competição no mercado.


"A concentração será feita por meio de uma fusão em que uma subsidiária recém-criada da Microsfot ('Vault') será fundida com e dentro da Zenimax", diz o documento.


Maior que Star Wars e Marvel: aquisições que foram mais baratas que a Bethesda

O nome Vault muito provavelmente é uma referência à série Fallout, propriedade da Bethesda, em que abrigos anti-nucleares serviram para proteger milhares de pessoas nos EUA quando o holocausto nuclear atingiu o país, muito antes dos eventos principais dos games.


(É claro que, a partir de Fallout 2, o público descobriu que os Vaults tinham um propósito real significativamente mais sinistro)


A Comissão Europeia deve fazer sua decisão final sobre a aquisição da ZeniMax em 5 de março, mas a avaliação preliminar é positiva para a Microsoft.


"Em análise preliminar, a Comissão acha que a transação notificada poderia cair dentro do escopo da Regulação de Fusões", diz o documento. "Porém, a decisão final quanto a este ponto é reservada."


O anúncio da aquisição da ZeniMax Media pela Microsoft foi feito em setembro, e caso seja firmado dará controle à empresa de Xbox de franquias como Fallout, The Elder Scrolls, Doom, Wolfenstein, The Evil Within, entre outras propriedades da companhia.


Recentemente, o fundador e CEO da ZeniMax, Robert A. Altman, faleceu.


fonte: The Enemy

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page