top of page

Novo Splinter Cell está em produção, diz site

Anúncio pode acontecer em 2022, indicam fontes



O site Video Games Chronicle reporta que, após quase uma década, a Ubisoft está trabalhando em um novo jogo da série Splinter Cell — um game tradicional, não só uma experiência em VR ou uma participação especial de Sam Fisher em outra série.


Os detalhes divulgados pelo site ainda são escassos, mas duas de suas fontes indicam que o estúdio responsável pelo projeto não faz parte de sua base tradicional, localizada em Montréal no Canadá.


O projeto estaria em desenvolvimento inicial, mas fontes indicam a possibilidade de um anúncio ainda em 2022.


Caso seja de fato real, este seria o primeiro jogo da série a ser desenvolvido desde o lançamento de Splinter Cell: Blacklist em 2013. Desde então, o protagonista Sam Fisher apareceu em diversos títulos da Ubisoft ligados à marca Tom Clancy, incluindo Rainbow Six Siege, Ghost Recon: Wildlands e jogos mobile como o controverso e falecido Elite Squad.


Há também um jogo de Splinter Cell em VR sendo desenvolvido pela Ubisoft para os dispositivos Oculus, o que não trouxe muita alegria aos fãs. Uma animação da franquia para a Netflix, por sua vez, trouxe um pouco mais de esperança ao seu público.


Os rumores de um novo Splinter Cell vem em meio a um momento conturbado na história da Ubisoft, que em 2020 foi fonte de diversas reportagens e denúncias sobre o ambiente tóxico, sexista e abusivo dentro da empresa.


Diversas figuras denunciadas ou implicadas foram demitidas ou renunciaram, e a companhia diz que pretende fazer diversas mudanças internas para melhorar o ambiente de trabalho para os funcionários.


Porém, de acordo com a união de trabalhadores A Better Ubisoft, nenhuma mudança estrutural significativa tem sido implementada internamente, ou com aval ou mesmo discussão entre a gerência e seus funcionários, incluindo a contratação de um novo chefe criativo para seus estúdios.


Há também críticas quanto ao fato de vários produtores e figuras de alto escalão denunciadas por tratamento abusivo e assédio ainda estarem empregados na companhia, tendo no máximo mudado de cargo ou transferidos para outro setor da Ubisoft.


Quanto aos games em si, embora Far Cry 6 tenha sido um relativo sucesso, críticas (incluindo a do The Enemy) reclamam de uma fórmula estagnada para a franquia. Enquanto isso, um novo jogo anunciado pela empresa, o battle royale Ghost Recon Frontline, teve seu beta adiado após recepção negativa dos fãs.


Procurada pela VGC, a Ubisoft não se pronunciou sobre a produção de um novo Splinter Cell.


fonte: The Enemy

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page