top of page

PlayStation 5 (PS5): atualizações podem otimizar temperatura do console.

Sony usa dados dos aparelhos para alterar intensidade dos coolers, além de resolver problemas de barulhos do PS4


O sistema de resfriamento do PlayStation 5 (PS5) pode ser ajustado por meio de atualizações, segundo a Sony. A revelação veio em uma entrevista do designer Yasuhiro Ootori para a 4Gamer.net, nesta segunda-feira (19), em que ele afirmou que a empresa usa sensores para medir a temperatura do console e, assim, utiliza os dados para otimizar o seu desempenho térmico.


Além de prometer resfriamento eficiente para os componentes, o sistema do novo videogame também deve corrigir os problemas de coolers dos PlayStation 4 (PS4) e PS4 Pro, que foram alvo de reclamações pelo alto ruído durante a execução de jogos mais pesados. O lançamento do PlayStation 5 no Brasil está marcado para o dia 19 de novembro, com preço sugerido de R$ 4.999 em sua versão mais completa e R$ 4.499 na versão sem drive de discos.


"Vários jogos serão lançados para o PS5, e vamos coletar dados sobre o comportamento do console em cada um deles", disse Ootori. Essas informações serão levadas em consideração para configurar a intensidade do cooler do PlayStation 5, que pode aumentar a sua rotação no caso de games que exigem mais do sistema, e consequentemente o deixam mais quente.


Ootori disse que a empresa usou uma versão transparente do console e fumaça de gelo seco para entender os padrões de fluxo de ar no videogame. As medidas avantajadas do PS5 também favorecem a circulação de ar no aparelho, assim como um grande cooler posicionado logo acima de seu processador.


A Sony revelou a interface do PS5 na última quinta-feira (15), com destaque para novos menus, guia de troféus e missões, centro de controle interativo e acesso facilitado a grupos de chat. No trailer, também é possível ver a velocidade de carregamento do jogo Destruction Allstars, um dos títulos de lançamento do quinto console de mesa da empresa japonesa.


Fonte: TechTudo

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page