top of page

PlayStation quer fazer 'mais investimentos' em PC e mobile

Nos últimos anos, a PlayStation têm se dedicado a ter mais presença fora de seu próprio console, lançando vários de seus jogos no PC. Esta estratégia pode ser intensificada, no entanto, segundo o chefe da PlayStation Studios, Hermen Hulst.



Em uma entrevista para a Reuters, o executivo falou sobre estes esforços: "Mais investimentos em áreas que podem reforçar a expansão para PC, para mobile e para live services, essa é definitivamente uma possibilidade para nós", afirmou.


Infelizmente, Hulst não entrou em detalhes sobre que tipo de investimentos podem ser feitos pela companhia, mas certamente sugere que a divisão de games da Sony não pretende depender apenas de seu console, que sempre foi o foco até o momento.


PlayStation no PC e no mobile

Depois de quase um ano de rumores, recentemente foi confirmado que Sackboy: A Big Adventure será o próximo jogo portado para PC. Vale lembrar que este mesmo rumor sugeria que Returnal, outro exclusivo do PlayStation, também pode ser um dos futuros jogos a serem lançados no computador. Você pode conferir aqui uma lista com todos os títulos já portados ou previstos para chegar à plataforma.


Já do lado mobile, a Sony anunciou, em agosto, que está trabalhando em um jogo AAA para dispositivos móveis, após adquirir o Savage Game Studios. Detalhes do título, no entanto, não foram revelados pela PlayStation.


Jogos como serviço

Falando ao site Axios, o executivo da Sony também comentou sobre os chamados live-service games, ou jogos como serviços, categoria que enquadra Fortnite e Apex Legends, por exemplo. Recentemente, a empresa japonesa adquiriu marcas como o Haven Studios para justamente desenvolver jogos do tipo.


“Levantamos 12 projetos no total em relação a multiplayers de operações ao vivo”, revelou Hulst. Nenhum desses títulos foi anunciado oficialmente e o diretor confessou, inclusive, que é possível que alguns dos jogos tipo serviço sejam baseados em franquias de sucesso da PlayStation.


Do outro lado, ele fez questão de “acalmar” os fãs que gostam de experiências mais narrativas e single-player. “Alguns de nossos maiores títulos baseados em narrativas para um jogador também são nossos títulos mais lucrativos”, lembrou para garantir que projetos do tipo God of War, Uncharted, Horizon Zero Dawn e outros continuarão sendo feitos.


fonte: Voxel

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page