top of page

Setor de Games tem nova redução de impostos determinada pelo presidente Bolsonaro

Por mais que a inflação brasileira esteja severa e muitos itens essenciais para a sobrevivência estejam sendo comercializados por valores exorbitantes, muitos consumidores ainda estão conseguindo comprar produtos que são considerados supérfluos, tais como jogos e consoles de videogame.

Como um incentivo para esse mercado, o presidente Jair Bolsonaro deve anunciar uma nova redução na alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidido sobre os videogames.


Segundo informações do site Conexão Política, o decreto que prevê uma nova redução de 10% já está sendo preparado e será publicado no Diário Oficial da União (DOU) em breve.


No ano passado, Bolsonaro determinou a redução dos tributos de 40% para 30% em consoles e máquinas de jogos; de 32% para 22% para partes e acessórios dos consoles e das máquinas de jogos de vídeo, cujas imagens são reproduzidas numa tela; de 16% para 6% no caso de máquinas de jogos de vídeo com tela incorporada, portáteis ou não, e suas partes.


Não podemos negar que o setor de tecnologia como um todo, incluindo os videogames, teve um grande aumento no último ano em decorrência da pandemia de coronavírus, algo que se refletiu em uma escassez mundial dos componentes eletrônicos e resultou em uma baixa disponibilidade de produtos nas lojas, incluindo os almejados PlayStation 5 e Xbox Series S/X.


Quando a redução na alíquota do IPI foi anunciada no ano passado, a Sony Brasil revelou que os preços oficiais do PlayStation 5 seriam de R$ 4.199 na versão sem leitor Blu-Ray e R$ 4.699 na versão com leitor, enquanto os preços do Xbox Series S é de R$ 2.799 e o Series X sai por R$ 4.599.


Com a nova redução, novos preços oficiais devem ser anunciados, no entanto, esses valores ficaram quase que impraticáveis por conta da falta de produtos no mercado, fazendo com que muitos lojistas paralelos ofertassem os itens por valores muito acima dos oficiais.


fonte: Tudocelular

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page