Sony conquista patente para uma mecânica central de Death Stranding

Death Stranding é um dos jogos mais diferenciados que se pode encontrar no segmento triplo A, e a Sony se mobilizou para manter as coisas assim. A dona do PlayStation conquistou uma patente nessa semana que garante para uso próprio a mecânica do jogo de Kojima que permite que jogadores influenciem o terreno e construam estradas e estruturas em comunidade.



O texto da patente, em tradução livre, diz: "o método para incluir polinização cruzada num primeiro caminho usando um meio de comunicação entre jogos através de uma pluralidade de ambientes virtuais de uma pluralidade de gameplays assíncronos de uma pluralidade de jogadores jogando um vídeo game".


Essa é uma maneira bem burocrática e genérica de descrever a mecânica de Death Stranding em que você pode começar uma estrutura em quase qualquer lugar do mapa e outros jogadores, jogando em outros momentos, vão ver essa estrutura e poder contribuir com ela, levando mais recursos para ser completada ou melhorando seu nível.


É uma mecânica realmente bem única de Death Stranding e muito interessante, em que o jogador às vezes encontra toda uma estrada num caminho que antes não tinha nada, e que pode ser salvadora em determinados momentos.


Fica um pouco difícil de imaginar como que a Sony pretende defender sua patente daqui em diante, mas, mais importante que isso, podemos considerar essa medida como um forte indicativo de que a empresa está se preparando para produzir uma sequência para Death Stranding, ou algo do tipo.


fonte: Voxel

1 visualização0 comentário