Xbox Series S pode ter jogos até 30% menores para poupar espaço na SSD

Executivo da Microsoft afirmou que escolhas sobre resolução de ativos de jogos estão nas mãos dos desenvolvedores.


Revelado oficialmente neste mês, o Xbox Series S será a opção da Microsoft para jogadores que buscam uma alternativa mais acessível para a próxima geração de consoles.


O preço reduzido, no entanto, vem com alguns sacrifícios do ponto de vista de hardware – incluindo o armazenamento interno, que terá apenas 512 GB de SSD contra 1 TB do Xbox Series X.


Para mitigar esse problema, a Microsoft planeja que jogos do Series S sejam até 30% menores do que as versões do Series X, conforme confirmou Jason Ronald, diretor de gerenciamento de programas do Xbox, em entrevista ao IGN.


Os jogos menores são resultado da resolução menor que será oferecida pelo Series S: enquanto o console foca em uma experiência 1440p a 60fps, o Series X foca em 4K e 60 fps.


"Com uma meta de desempenho de 1440p a 60 fps, nossa expectativa é que os desenvolvedores não enviem seus mipmaps de mais alto nível para o Xbox Series S, o que reduzirá o tamanho dos jogos”, disse Ronald.


O executivo, no entanto, ressalta que essas decisões estarão "nas mãos do desenvolvedor", o que sugere que o tamanho das versões de jogos deve variar entre produtoras e publishers.


"Há algum tempo temos essa tecnologia que permite aos desenvolvedores escolher de forma inteligente quais ativos instalar em quais dispositivos estão jogando. Portanto, a flexibilidade está nas mãos dos desenvolvedores para garantir que os ativos certos estejam disponíveis", completou.


Na mesma conversa, Ronald afirmou que a Microsoft não acredita que o hardware mais simples do Series S irá limitar desenvolvedores, já que as "capacidades centrais" são as mesmas nos dois consoles.


Ainda que mire em 1440p, o Series S também é capaz de entregar 4K, e produtores de jogos podem escolher usá-lo, se desejarem. O console também terá os mesmos efeitos ray tracing do Series X, mas desenvolvedores podem desligá-los para permitir outros efeitos.


Vale ressaltar também que a Microsoft não tem planos de deixar de suportar o Series S conforme a próxima geração avance, e que vê a "Xbox Series" como uma família única de dispositivos.


fonte: The Enemy

0 visualização0 comentário